Labra ME .La reinvención neoliberal de la inequidad en Chile. El caso de la salud. [A re-invenção neoliberal da desigualdade no Chile. O caso da saúde.] Cadernos de Saúde Pública 2002 julho-agosto; 18(4):1041-1052.

Objetivo: Analisar o sistema de saúde chileno sob o ponto de vista das mudanças políticas, dos anos 1920 até o governo atual.

Métodos : Análise histórica.

Resultados: As mudanças políticas condicionaram diferentes orientações nos sistemas de saúde refletindo-se na maior ou menor igualdade com que satisfazem as necessidades da população. O setor médico desempenhou um papel importante neste processo. Tomando como eixo central o tema da igualdade, a exposição examina as decisões tomadas desde os meados de 1920 até 1973 para avançar na socialização da medicina e o processo da sua abrupta interrupção com o golpe militar (1973). Em seguida, aborda o conjunto das medidas restritivas adotadas pelo neoliberalismo autoritário para inserir a saúde na economia de mercado. Por último, analisa os esforços empreendidos pelos governos democráticos, desde que assumiram o poder em 1990, no sentido de corrigirem as desigualdades sócio-econômicas herdadas, focalizando o compromisso de reconstrução do sistema médico assistencial sob novas bases, fundamentadas nos princípios da igualdade, solidariedade e participação.

A ditadura militar pôs fim as tentativas de avançar na direção de uma medicina universal e igualitária, realizou mudanças radicais em todo o sistema e incentivou a privatização da atenção médica com apoio de médicos de direita, desmantelando o setor público e contribuindo para aumentar ainda mais os problemas sociais.

Os governos democráticos dos anos 90 conseguiram alguns progressos no setor da saúde pública, mas mantiveram e consolidaram os seguros privados. A atual proposta de reforma da saúde do presidente Lagos, é motivo de ampla polêmica, pois gera grandes dúvidas em relação a possibilidade de cumprir com os propósitos de igualdade e cobertura que foram propostos.

Conclusões: As políticas e o sistema de saúde no Chile refletem as diferentes posições e conjunturas que viveram os países até a atualidade. Neste momento, existe uma profunda e intensa discussão a respeito da reforma da saúde proposta pelo governo.

Copyright 2007 University of New Mexico